Início | Efemérides
Tamanho de letra normal Aumentar o tamanho de letra Diminuir o tamanho de letra
Pesquisa de Efemérides
Pesquisa geral
Dia
Mês
Ano
Ordenar por
 
[limpar dados]


Nº de registos : 1311 ( 781 até 801 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66

27/12/1878

A Direcção dos Telégrafos e Faróis do Reino pergunta à Câmara Municipal de Castelo de Vide se esta quererá dar casas para ser colocada uma estação telegráfica, “devendo a mesma casa ter as condições de decência e capacidade para o empregado a habitar com a família".


23/1/1879

É nomeado cirurgião interno do Banco do Hospital de S. José, de Lisboa, o ilustre castelovidense, Dr. José António Serrano, glória da medicina Portuguesa e honra da sua terra natal.

[+ info]
14/4/1879

Acidentalmente residente em Castelo de Vide, o ilustre causídico Dr. Manuel de Arriaga Bruno da Silveira Peyrilongue, que viria a ocupar na vida pública portuguesa lugar de destaque como primeiro Presidente da República, visita neste dia o Asilo para Cegos de N. Senhora da Esperança, deixando no livro de honra palavras de elogio pela grande obra do benemérito Sequeira Sameiro e de seus continuadores.

[+ info]
18/5/1879

Reúne a Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide a fim de discutir e aprovar o novo Compromisso, visto que o vigente, pela antiguidade, não satisfazer e não se harmonizar com as exigências do tempo e das leis gerais.

[+ info]
31/5/1879

É desta data o alvará do Governo Civil do Distrito de Portalegre que aprova o novo compromisso da Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide, votado na reunião da Assembleia Geral da Irmandade, realizada nesse mesmo mês.

[+ info]
19/12/1879

Morre o ilustre Comendador João José Le Cocq, fundador da magnífica granja do Prado e que muito influiu na vida agrícola local. Filho primogénito de Luís José Le Cocq e de Maria Vitória do Carmo, nasceu em Portugal, mas manteve até ao fim da sua vida a nacionalidade francesa.

[+ info]
13/5/1880

É nomeado demonstrador da Secção de Cirurgia da Escola Medico-Cirúrgica de Lisboa o Dr. José António Serrano, de Castelo de Vide, que alto levantou o nome da sua terra, entre os luminares da ciência médica portuguesa.

[+ info]
6/6/1880

Com a abertura oficial ao tráfego da linha férrea do "Ramal de Cáceres", realizou-se também neste dia a inauguração solene da Estação do Caminho de Ferro de Castelo de Vide, passando a vila e o concelho a dispor deste importante meio de transporte.

[+ info]
19/9/1880

Foi promovido a lente substituto da secção cirúrgica da Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa o Dr. José António Serrano, anatomista ilustre natural de Castelo de Vide.


8/7/1881

Morre na vila da Amieira Ana José Tavares Afonso Videira Maggessi, natural de Castelo de Vide, filha do desembargador João Pedro Afonso Videira e de sua segunda mulher Brites Mariana Tavares Maggessi, ambos desta vila, que fora casada com Francisco Maria Carrilho Saraiva do Amaral, de Amieira.


13/7/1881

Houve, neste dia, grande trovoada sobre a região que prejudicou bastante a Ermida de Nossa Senhora da Penha, na serra, em Castelo de Vide.

[+ info]
14/7/1881

Nasce em Castelo de Vide João António Gordo. Dedicando-se à história da sua terra, publicou várias obras, entre as quais “Os Le Cocq em Portugal”,  “Regresso aos Municipios” e “Terra Alta – Antologia de Castelo de Vide”.

[+ info]
21/8/1881

Apresentou-se pela primeira vez em público a banda da "Sociedade Filarmónica União Artística", de Castelo de Vide.

[+ info]
19/7/1882

É aprovado o novo código de posturas da Câmara Municipal de Castelo de Vide, em sessão da Câmara, e confirmado, com algumas alterações, em 30 de Novembro seguinte pela Comissão Executiva Distrital.

[+ info]
30/11/1882

Em sessão deste dia a Comissão Executiva da Junta Distrital de Portalegre aprova o Código de Posturas Municipais, organizado pela Câmara Municipal de Castelo de Vide, em substituição do anterior.

[+ info]
10/6/1883

Fundou-se em Castelo de Vide a "Sociedade Artística Popular". Foram seus principais fundadores Ramiro César Murta e João Severiano Carrilho Belo. Manteve-se progressiva durante largos anos prestando no meio castelovidense e nas classes artística e operária serviços estimáveis proporcionando aos seus muitos associados horas de agradável e útil convívio.

[+ info]
30/12/1883

Marvão estava cercada por forças legitimistas porque a praça caíra de surpresa no dia 12 na mão da Legião Patriótica do Alentejo, vinda de S. Vicente, Espanha.

[+ info]
27/4/1884

Morre em Lisboa Frederico Tavares Bonacho, natural de Castelo de Vide, donde havia muito andava afastado, legando à Misericórdia desta vila duas inscrições no valor nominal de um conto de reis cada.

[+ info]
10/3/1885

Maria José da Rosa e Almeida, viúva do benemérito José de Almeida Sarzedas, faz testamento, em que lega todos os seus bens para a instituição de um asilo para a infância desvalida em Castelo de Vide, declarando que fora essa sempre a sua vontade e a do seu falecido marido.

[+ info]
24/6/1885

Nasce em Castelo de Vide Manuel Marcos Canário, filho de Pedro Canário e de Ludovina de Carvalho Canário. Diplomou-se pela Escola de Ensino Normal de Lisboa. Casou com Sofia do Bonsucesso Ferreira, os pais do médico Dr. Amadeu Ferreira Canário.

[+ info]




Nº de registos : 1311 ( 781 até 801 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66