Início | Efemérides
Tamanho de letra normal Aumentar o tamanho de letra Diminuir o tamanho de letra
Pesquisa de Efemérides
Pesquisa geral
Dia
Mês
Ano
Ordenar por
 
[limpar dados]


Nº de registos : 1311 ( 361 até 381 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66

17/6/1759

Elege-se nesta data a Mesa da Confraria do Santíssimo Sacramento de Santa Maria da Deveza, Matriz da vila de Castelo de Vide, ficando assim constituída: Reitor, Padre João Mousinho da Silveira; Escrivão Dr. João da Silveira; Capelão Padre Manuel Dias.


6/11/1759

Publica-se o alvará que extingue as alcaidarias-mores, passando as atribuições dos alcaides-mores para os governadores das praças e fortalezas e para os generais das províncias.

[+ info]
5/12/1759

É nomeado Juiz de Fora de Castelo de Vide o célebre árcade Dr. António Dinis da Cruz e Silva, autor do "Hyssope".

[+ info]
2/2/1760

Toma posse do lugar de Juiz de Fora de Castelo de Vide o ilustre e mui discutido poeta António Dinis da Cruz e Silva, fundador da "Arcádia Lusitana" e autor do célebre poema satírico "Hyssope".

[+ info]
5/6/1760

O poeta António Dinis da Cruz e Silva, ao tempo juiz de fora em Castelo de Vide, compõe nesta vila o consagrado soneto ao casamento da Princesa do Brasil com seu tio, o Infante D. Pedro. Vieram a ser a Rainha D. Maria I e o Rei D. Pedro III.

[+ info]
3/9/1761

Resolve a Câmara de Castelo de Vide pedir autorização para se realizar a Feira de São Lourenço, alegando o facto de ser Castelo de Vide uma das vilas mais populosas da província.

[+ info]
21/5/1762

Francisco José Marchão, de Castelo de Vide, ajudante das ordenanças da vila, recebe a Carta de Familiar do Santo Ofício. Era filho de Manuel Rodrigues Marchão e de Maria David de Carvalho, ambos também desta vila. Foi casado com Ana Maria Rosa.

[+ info]
30/7/1762

É concedida a Carta de Familiar do Santo Ofício a Agostinho de Azevedo, ourives de ouro, residente em Lisboa, na Rua Direita da Cotovia, casado com Antónia da Silva. Era natural de Castelo de Vide e filho de António Dias de Azevedo, natural de Cismarias, termo de Vila de Rei, e de Isabel Carrilho desta vila.


2/1/1763

Os fornecedores das carnes verdes declaram que não podem vender a preços convencionados, devido à falta de gados. É mostra de crise, possivelmente passageira, por causa da guerra e da grande guarnição militar da praça.

[+ info]
8/1/1764

São eleitos para a Mesa da Confraria do Santíssimo Sacramento da Matriz da vila de Castelo de Vide os seguintes indivíduos: António Mousinho da Silveira, reitor; Francisco José Manso, escrivão; Padre Manuel Dias, tesoureiro.

[+ info]
27/7/1764

Deixa Castelo de Vide o ilustre árcade António Diniz da Cruz e Silva que aqui estivera quatro anos como juiz de fora. Passou a Elvas como auditor do 2º regimento de Infantaria daquela praça de guerra.

[+ info]
29/3/1765

Carta Régia à Câmara de Castelo de Vide mandando que, dado o falecimento da possuidora dos "bens de S. Domingos", património da Albergaria da vila, o direito de requerer a renovação da administração " passe a António Pedro Mousinho de Albuquerque.

[+ info]
28/8/1766

Casa, em Campo Maior, Tomaz Frederico Maggessi, tenente de infantaria em Castelo de Vide, filho de Frederico Maggessi e de Maria Lourença Lucrécia, com Ana Josefa Tavares da Gama, filha de António Tavares de Barbuda e de Isabel Rodrigues da Gama.

[+ info]
13/9/1768

Por alvará desta data, é feita mercê da capela de Guiomar Nunes Vidal, em Castelo de Vide, a João de Cáceres.

[+ info]
14/7/1769

A Confraria do Santíssimo Sacramento dá de foro "Factuesim", para sempre,a Manuel Martins Raposo e a sua mulher Maria Rodrigues, de Castelo de Vide, a fazenda de Santo António da Ribeira, por quinze mil réis, vencidos no dia 30 de Dezembro de cada ano.

[+ info]
11/12/1769

Nasce em Castelo de Vide Francisco de Paula Maggessi, filho de Tomás Frederico Maggessi, natural da cidade de Massa, Ducado de Modena, Itália, e de Ana Josefa Tavares da Gama Maggessi, de Campo Maior.

[+ info]
18/3/1771

Nasceu nesta vila de Castelo de Vide o desembargador João Pedro Afonso Videira, filho do Sargento-mor António José Afonso e de Teresa Dias Videira.

[+ info]
29/5/1771

Por provisão datada deste dia é extinta, a favor do Alferes António de Macedo Coutinho e Vasconcelos, uma capela de Francisco Rodrigues Henriques e sua mulher, nesta vila de Castelo de Vide.

[+ info]
9/9/1771

9 de Setembro de 1771 - São inquiridas em Castelo de Vide as testemunhas para o processo de limpeza de sangue de Caetano José Sequeira, que requerera a Carta de Familiar do Santo Ofício e lhe veio a ser concedida. Era filho de Bartolomeu de Sequeira e de Cecília Maria.

[+ info]
2/7/1774

É extinta a propriedade do ofício de Selador e Juiz Vedor, com seu respectivo escrivão, das fábricas de panos de Castelo de Vide. Passaram a ser de nomeação trienal, por proposta do Superintendente Geral dos lanifícios do Alentejo, sob consulta do Conselho da Fazenda.

[+ info]




Nº de registos : 1311 ( 361 até 381 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66