Início | Efemérides
Tamanho de letra normal Aumentar o tamanho de letra Diminuir o tamanho de letra
Pesquisa de Efemérides
Pesquisa geral
Dia
Mês
Ano
Ordenar por
 
[limpar dados]


Nº de registos : 1311 ( 661 até 681 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66

9/3/1840

Nesta data escreve Mousinho da Silveira de Paris a um seu amigo de Lisboa, chamado François Martin, antepassado do embaixador Teixeira de Sampaio, e deixa claramente ver a descrença profunda em que caíra, poucos anos volvidos, sobre a vitória dos homens do liberalismo que tão bem servira.

[+ info]
15/9/1841

Por carta de lei desta data o estado concede à Câmara Municipal de Castelo de Vide, para a instalação do cemitério e respectiva capela, a igreja do Convento de São Francisco e alguns terrenos anexos ao referido convento.

[+ info]
9/6/1842

Mousinho da Silveira, em carta escrita de Castelo de Vide, onde permanecia largas temporadas depois de abandonar a política, dirigida à sua mulher, residente em Paris, para educação do seu único filho, elogia as águas da Fadagosa, no concelho de Marvão, e os resultados benéficos que obtivera com o seu uso.


14/2/1843

Mousinho da Silveira, agora com 62 anos, que desiludido da política se recolhera aos seus negócios particulares desde 1840, vai ainda neste dia a um baile no Paço das Necessidades.

[+ info]
27/3/1843

A Confraria do Santíssimo Sacramento, erecta na Igreja de São Tiago Maior, de Castelo de Vide, requer ao Governo Civil de Portalegre certidão da capela instituída por Ana Teresa Carrilho, mulher de Francisco da Silva e Carvalho, no ano de 1737.

[+ info]
20/5/1843

Morre em Lisboa o ilustre castelovidense General António Tavares Maggessi, militar distinto e carácter leal de honrado português. Foi um dos mais fiéis servidores de D. Miguel.

[+ info]
22/5/1843

Por ofício enviado do Quartel-General, ao Beco do Carrasco, pelo Comandante da 1ª Divisão Militar, o Barão de Cacilhas, foi comunicado ao Duque da Terceira a morte do brigadeiro amnistiado António Tavares Maggessi, distinto filho de Castelo de Vide.

[+ info]
1/9/1844

Eleição da Mesa, para o ano seguinte, da Confraria do Santíssimo Sacramento da Matriz de Castelo de Vide, sendo eleitos: reitor, António Xavier Durão; escrivão, P.e João Crisóstomo Madeira. Era vigário da Vara o P.e António da Conceição Mouzinho.

[+ info]
1/12/1844

Mousinho da Silveira, o castelovidense que tão bem serviu a Causa Liberal, é encarregado de elaborar um regulamento geral das Alfândegas do Reino e seus domínios ultramarinos. Não chegou a terminar a sua missão, pois que, por motivos fúteis de carências do tesouro, foi suspenso em 21 de Março de 1848.


27/7/1845

Efectuou-se a eleição da Mesa da Confraria do Santíssimo da Matriz de Castelo de Vide, que ficou com a seguinte composição: Reitor, António Xavier Durão; e escrivão, servindo de tesoureiro, Padre Mateus Joaquim Madeira.

[+ info]
24/5/1846

Forma-se em Castelo de Vide uma junta provisória contra o governo de Costa Cabral, que integrava João Augusto de Barros Castelo Branco, Manuel Pedro de Sequeira Sameiro, José António Roxo da Fonseca, Vicente de Almeida Sarzedas e José da Cruz Pelouro.

[+ info]
22/6/1846

Por "carta de lei" desta data, revoga a Rainha D.Maria II as doações e senhorios de terras ainda existentes. Do concelho de Castelo de Vide só parte, a referente a Póvoa e Meadas, estava nessas condições.

[+ info]
20/11/1846

Nasce o insigne viticastrense José Frederico Laranjo, filho de Possidónio Mateus Laranjo e de Maria José Laranjo. Professor e Par do Reino, teve  uma vasta e brilhante carreira em vários domínios do saber, deixando publicadas numerosas obras.

[+ info]
29/4/1847

Evadiu-se com outros presos políticos da Cadeia do Limoeiro, em Lisboa, António Lúcio Maggessi Tavares, filho do nosso célebre conterrâneo General Maggessi. Fora preso por motivo das suas ideias políticas legitimistas no dia 5 de Janeiro.

[+ info]
8/11/1847

Foi determinado que as câmaras municipais organizassem a sua história nos Anais do Município.

[+ info]
8/12/1847

Numa sessão presidida por Manuel Pires de Sequeira desfez-se a Junta Patriótica contra Costa Cabral que se formara a 24 de Maio do ano anterior. Tudo sossegou com a presença do Administrador do Concelho de Portalegre e de algumas forças militares. Morria a "Patuleia" em Castelo de Vide.


21/3/1848

É dada por concluída, a pretexto de apuros do tesouro, a missão que em 1844 fora confiada a Mousinho da Silveira, com o fim de elaborar um regulamento geral para as alfândegas do país e seus domínios. Já Mousinho estava na fase de desilusão e doença.

[+ info]
29/6/1848

Nasce, em Castelo de Vide, César Augusto de Faria Videira. Formou-se em Direito na Universidade de Coimbra. Ocupou vários cargos públicos e foi o autor de "Memória Histórica da Muito Notável Vila de Castelo de Vide".

[+ info]
27/8/1848

Morre em Castelo de Vide Pedro Manuel Durão (Júnior), casado com Vivina Rosa Durão, ambos desta Vila, deixando dois filhos: Pedro Manuel Durão e João Pedro Durão.

[+ info]
3/2/1849

Nasce em Castelo de Vide, numa casa da Carreira de Cima, Alfredo Carlos Le Cocq, o filho varão mais novo de João José Le Cocq e de Maria Leonor Bachelay.

[+ info]




Nº de registos : 1311 ( 661 até 681 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66