Início | Efemérides
Tamanho de letra normal Aumentar o tamanho de letra Diminuir o tamanho de letra
Pesquisa de Efemérides
Pesquisa geral
Dia
Mês
Ano
Ordenar por
 
[limpar dados]


Nº de registos : 1311 ( 1201 até 1221 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66

6/10/1938

Reúnem na vila de Castelo de Vide os contribuintes do Imposto Predial Rústico do Concelho, a fim de acordarem no lançamento da derrama autorizada pelo Governo, para acudir à grave crise de trabalho. Aprovaram por unanimidade a proposta de 5%.

[+ info]
25/1/1939

Iniciaram-se os trabalhos de construção da formosa estrada da Moutosa à Senhora da Penha na Serra de São Paulo em Castelo de Vide.

[+ info]
26/3/1939

É inaugurado o 1º mercado mensal que se institui na vila de Póvoa e Meadas, que tem lugar no largo do Barreiro e com isenção de terrado. Compareceram representantes do Município de Castelo de Vide e outras autoridades.

[+ info]
16/4/1939

O Núcleo da Acção Católica de Castelo de Vide fundou solenemente as secções da Juventude Independente Católica Feminina (J.I.C.) e da Juventude Operária Católica Feminina (J.O.C.).Compareceram  muitas individualidades da vizinha cidade de Portalegre.

[+ info]
21/4/1939

A Câmara Municipal de Castelo de Vide aprova, em sessão, o acordo entre a Câmara de Castelo de Vide, a de Nisa e a Empresa Hidro-Eléctrica do Alto Alentejo para a construção de uma estrada que ligue a Freguesia de Póvoa e Meadas à vila de Nisa.

[+ info]
1/5/1939

A partir deste dia, passou o lugar do Pouso, o pequeno agregado urbano situado na encosta da serra fronteira à Vila, a ter iluminação eléctrica. Foi grande e compreensível o regozijo dos seus moradores.

[+ info]
26/5/1939

A Câmara Municipal de Castelo de Vide, atendendo o pedido dos habitantes do lugar do Pouso, resolve mandar abrir uma pequena fonte no pinhal do Município, que fica próximo daquele sítio e também denominado do Pouso, para serviço dos que ali moram.

[+ info]
28/5/1939

O núcleo local da Legião Portuguesa, de Castelo de Vide, toma parte em Portalegre na parada comemorativa da revolução nacional de 1926.

[+ info]
30/5/1939

O Santo Padre Pio XII envia ao Bispo de Portalegre, D. Domingos Maria Frutuoso, uma expressiva e paternal carta por motivo das bodas sacerdotais de S. Ex.ª Rev.ma, que ocorriam a 15 de Junho seguinte.

[+ info]
2/6/1939

O Governador Civil de Portalegre, acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide e pelo Eng.º Chaves da Direcção dos Serviços de Águas e Saneamento, esteve na Póvoa, dando-se início ao estudo de captação e distribuição de água à vila.

[+ info]
3/6/1939

Nos Paços do Concelho de Castelo de Vide, houve uma reunião das principais individualidades, a convite do Presidente do Município, para resolução do caso “Hotel das Águas”, encerrado dada a impossibilidade de ser mantido por particulares.

[+ info]
3/6/1939

Caiu sobre Castelo de Vide uma forte trovoada, e na capela de Nossa Senhora da Penha os efeitos dos raios fizeram-se sentir com violência, causando prejuízos no exterior e no interior do pequeno templo, danificando o nicho de Nossa Senhora.

[+ info]
12/6/1939

Na Igreja de Santa Maria da Devesa, Matriz da vila, realizou-se uma missa sufragando a alma do legionário Castelovidense Prudêncio Marques Granjo, que morreu em Espanha, devido a grave ferimento que recebera na tomada de Teruel. Assistiram legionários, membros das juventudes católicas e numerosas pessoas.

[+ info]
9/11/1939

O Conselho Municipal de Castelo de Vide aprova em sua sessão desta data a criação duma Banda Municipal com os elementos da ainda existente Banda  da Sociedade União Artística, única que então existia nessa época, pois a Banda Dr. José Frederico Laranjo desaparecera no ano anterior.

[+ info]
22/11/1939

Ao fim de prolongados dias de padecimento, faleceu nesta vila o Sr. Padre José António Mousinho Leote, antigo capelão da Misericórdia e proprietário neste concelho, de onde era natural.

[+ info]
4/1/1940

A favor do Asilo de Nossa Senhora da Esperança, representaram-se no Cine-Teatro Mousinho da Silveira, por pessoas de Castelo de Vide, ou aqui residentes, duas bonitas operetas: "Um Sonho de Amor" e "Idílio Alentejano". Foi um espectáculo memorável.

[+ info]
19/1/1941

Morre em Castelo de Vide na sua casa na Rua Mouzinho de Albuquerque (Rua da Alfândega), com 77 anos, o Padre Severino Dinis Porto, natural de Nisa. Personalidade de valor, era pároco da freguesia de São João Baptista e há 52 anos que vivia nesta vila.

[+ info]
15/2/1941

Como por todo o País, também Castelo de Vide e Póvoa e Meadas sofreram neste dia os efeitos de forte ciclone. Muitas casas ficaram danificadas e os cruzeiros das igrejas de Santa Maria e do Convento de São Francisco foram arrancados das frontarias.

[+ info]
19/5/1941

Faleceu em Castelo de Vide, o médico Dr. Joaquim Possidónio Coelho, natural de Marvão, Deixando viúva Maria do Nascimento Pelouro Coelho e três filhos: o Dr. João Pelouro Coelho. António Maria Pelouro Coelho e Maria Margarida Pelouro Coelho.

[+ info]
3/7/1941

Realiza-se um espectáculo de teatro a favor da Misericórdia. Actores amadores de Castelo de Vide levaram à cena a peça "Casar mais um”,de autor desconhecido, e a revista "Com o Andar dos Tempos", da autoria de quatro rapazes deste grupo cénico.

[+ info]




Nº de registos : 1311 ( 1201 até 1221 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66