Início | Efemérides
Tamanho de letra normal Aumentar o tamanho de letra Diminuir o tamanho de letra
Pesquisa de Efemérides
Pesquisa geral
Dia
Mês
Ano
Ordenar por
 
[limpar dados]


Nº de registos : 1311 ( 1261 até 1281 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66

13/10/1955

É solenemente inaugurado o edifício do Centro Paroquial de Assistência de Castelo de Vide, edifício que foi designado e passou a ser conhecido por "A Nossa Casa". Situa-se na Rua 5 de Outubro (antiga Rua dos Escudeiros) e nele funcionam ainda hoje diversas actividades. Fora adquirido pela Paróquia e sujeito a obras havia pouco tempo.

[+ info]
20/5/1956

No Cine-teatro Mousinho da Silveira, em Castelo de Vide, o Grupo Cénico da Sociedade Artística 1º de Dezembro, representa, pela primeira vez em Portugal, o quadro lírico em um acto "A Alegria que Passa", de Santiago de Russiñol.

[+ info]
15/8/1956

Reabre oficialmente e com grande solenidade o Hospital da Santa Casa da Misericórdia desta vila, depois das importantes obras de remodelação a que foi sujeito, prolongando-se as cerimónias por quase todo o dia.

[+ info]
13/1/1957

Publica se o último número de  “O Castelovidense" segunda série, n.º 1183.

[+ info]
24/2/1957

Publica-se, em Castelo de Vide, o 1º número do Jornal "Terra Alta”: director e editor, Dr. José Agapito Serrano Gordo; proprietário e chefe de redacção, Manuel da Estrela Azevedo; redacção e administração, Praça D. Pedro V, nº 49.

[+ info]
13/5/1958

Realiza-se a inauguração do edifício dos CTT em Castelo de Vide. A velha estação, instalada num 1º andar da Rua Mousinho de Albuquerque (Rua da Alfândega) , há muito que já não satisfazia o crescente movimento postal, telegráfico e telefónico da vila.

[+ info]
8/9/1958

O Instituto de Medicina Tropical, em Lisboa, leva a efeito neste dia uma homenagem a Garcia de Orta, inaugurando uma estátua deste insigne castelovidense de fronte do edifício do Instituto.

[+ info]
27/9/1958

No V Centenário do nascimento da Rainha D. Leonor, a Misericórdia de Castelo de Vide promoveu uma sessão solene no salão da Câmara Municipal, presidida pelo Governador Civil de Portalegre, com a presença do Bispo da diocese e com vários oradores.

[+ info]
28/9/1958

Comemorando o V Centenário do nascimento da Rainha D. Leonor, o Governador Civil, Dr. Matos Chaves, descerrou no átrio do Hospital de Santo Amaro da Misericórdia de Castelo de Vide uma lápide evocativa da fundadora das irmandades das Misericórdias.

[+ info]
6/12/1958

No Mosteiro da Madre de Deus, em Lisboa, inaugurou-se a exposição "A Rainha D. Leonor". Comemorava-se nesse ano o V Centenário do nascimento da fundadora das Misericórdias, a Rainha D. Leonor.

[+ info]
13/9/1959

Durante alguns dias e até esta data esteve patente em Castelo de Vide, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, uma exposição do pintor Albertino Guimarães, professor da Casa Pia de Lisboa, amigo e visitante habitual de Castelo de Vide.

[+ info]
19/9/1959

Realiza-se nos jardins da Quinta do Cartaxo em Castelo de Vide, uma festa a favor da Misericórdia de Castelo de Vide, que contou com a colaboração artística de Fernanda Peres e seus guitarristas, bem como do conjunto de Tobias Valido, de Lisboa.

[+ info]
6/11/1959

Faleceu o Dr. Francisco Maria Beliz, natural de Castelo de Vide. Formado em Direito em 1926, colaborou em vários jornais e publicou: "O Pensamento Integralista" (sob o pseudónimo de Fernão da Vide), e mais tarde “Fumo do Lar”, entre outros.

[+ info]
1/9/1960

O Grupo Cénico dos Bombeiros Voluntários de Portalegre realiza um espectáculo no Cine-Teatro Mousinho da Silveira, em Castelo de Vide, a favor da Associação dos Bombeiros Voluntários desta vila, com a participação da Orquestra Típica daquela cidade.

[+ info]
2/9/1960

Em sua casa, na Rua Pinheiro Chagas, 42, em Coimbra, morre Maria Adelaide Osório do Amaral e Sousa Le Cocq, de 88 anos de idade, viúva do viticastrense Alfredo Vítor Le Cocq, um dos filhos do Conselheiro Alfredo Carlos Le Cocq.

[+ info]
10/9/1960

Na Quinta do Cartaxo, em Castelo de Vide, teve lugar uma festa a favor da Misericórdia, a decoração e iluminação do jardim e do Court-de-ténnis, onde se encontravam as mesas e a pista de dança foi da autoria do pintor Figueiredo Sobral.

[+ info]
28/5/1961

Em Póvoa e Meadas é inaugurado o novo edifício da Cantina Escolar, na Rua do Barreiro, junto à Fonte da Igreja. Presidiu o Governador Civil de Portalegre, que era acompanhado pelo Vice-presidente da Câmara de Castelo de Vide e outras entidades.

[+ info]
21/6/1961

Na sua casa de Lisboa, morre o Eng.º José Custódio Nunes, a quem se deve a criação, em Novembro de 1925, da Hidroeléctrica do Alto Alentejo e que muito dedicado foi sempre à sua terra natal, a vila de Póvoa e Meadas, em cujo cemitério foi sepultado.

[+ info]
6/8/1961

Terminou nesta data, em Castelo de Vide, a 12ª etapa da 24ª Volta a Portugal em Bicicleta. Os primeiros ciclistas chegaram cerca das 14 horas.

[+ info]
24/10/1961

Inicia-se nesta data, terça-feira, a actividade dos primeiros agentes do Totobola em Castelo de Vide, e que foram António Maria Miranda e Jaime d'Assunção, respectivamente com os números 15-009 e 15-014.

[+ info]




Nº de registos : 1311 ( 1261 até 1281 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66