Início | Efemérides
Tamanho de letra normal Aumentar o tamanho de letra Diminuir o tamanho de letra
Pesquisa de Efemérides
Pesquisa geral
Dia
Mês
Ano
Ordenar por
 
[limpar dados]


Nº de registos : 1311 ( 681 até 701 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66

12/3/1849

Fez em Lisboa o seu testamento José Xavier Mousinho da Silveira, estadista e natural de Castelo de Vide, onde nasceu em 12 de Julho de 1780, e onde foi baptizado. Foram seus pais o Dr. Francisco Xavier de Gomide e Domingas da Conceição Mousinho da Silveira.

[+ info]
4/4/1849

Morre em Lisboa, em casa do seu amigo e testamenteiro, José Avelino da Costa Amaral, sita no número 40 da antiga Rua do Moinho do Vento, José Xavier Mousinho da Silveira, uma das mais características individualidades do Liberalismo em Portugal.

[+ info]
22/7/1850

É nomeado, por alvará desta data, para substituir o Padre Manuel Fernandes Roxo, impossibilitado moral e fisicamente, no cargo de vogal da Comissão Administrativa da Confraria do Santíssimo Sacramento da Matriz da vila de Castelo de Vide, Manuel Maria dos Santos Cordeiro, que tomou posse a 25.

[+ info]
20/10/1850

O grande historiador Alexandre Herculano publica na imprensa uma interessante carta dirigida a António Lúcio Maggessi Tavares, filho do general Maggessi, que com o notável escritor mantinha erudita e correctíssima polémica na celebérrima questão do «Milagre de Ourique», negado por Herculano.

[+ info]
6/10/1851

Nasce em Castelo de Vide, na Rua do Mercado, o grande homem de ciência que foi José António Serrano, filho único de José Pedro Serrano e de Ana Catarina Serrano. Foi médico ilustre e eminente professor de Anatomia na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa.

[+ info]
29/11/1851

É desta data a Portaria do Ministério da Fazenda autorizando a troca das casas da Rua do Marmelo, com o edifício do Hospital de São João de Deus, em Castelo de Vide.

[+ info]
2/9/1852

É desta data a escritura de permuta da casa da Rua do Marmelo com a casa do Hospital de São João de Deus, em Castelo de Vide, casa esta para onde viria a ser transferido o Hospital da Misericórdia da vila.

[+ info]
27/12/1852

Em Lisboa, no Palácio da Junqueira, nasce o grande dramaturgo e romancista D. João da Câmara, filho dos marqueses da Ribeira Grande.

[+ info]
19/8/1854

É eleita nova Mesa para a Confraria do Santíssimo Sacramento da Matriz da Vila, estando presentes o Rev. Vigário, Padre Manuel Joaquim Mouta. Ficou assim constituída: reitor, Padre António de Melo e Castro Pataca; escrivão, Manuel Maria dos Santos Cordeiro; e tesoureiro, Sebastião António Mouta.

[+ info]
26/8/1854

Os médicos Severino Dinis Porto e Antero Augusto Tavares Vidal apresentam à nossa Câmara um projecto de postura para a polícia sanitária da vila a fim de se evitar a invasão do "colera morbus".


23/6/1855

A Confraria do Santíssimo Sacramento da Matriz resolve entregar à Câmara de Castelo de Vide 120$000 réis, destinados "a diminuir os focos de infecção e factura dos canos gerais na circunferência da Fonte da Vila para evitar estragos da cólera morbus”.

[+ info]
6/11/1855

Por alvará assinado pelo Governador do Distrito, são convocados os irmãos de todos os estabelecimentos pios do Concelho, então administrados por comissões nomeadas por aquele Governo Civil, a fim de procederem à eleição das respectivas mesas, de conformidade com os seus próprios estatutos.


8/12/1855

Instala se no edifício do antigo Convento de S. João de Deus o Hospital da Misericórdia. Vinha das antigas instalações da Rua de Santo Amaro. Este edifício no rossio da vila, cujo largo hoje tem o nome do Capitão Salgueiro Maia, parece ter sido de D. Ana Cardoso de Matos, ascendente de João Diogo Juzarte de Sequeira Sameiro, e é anterior a 1700.

[+ info]
18/4/1856

É desta data a portaria do governo que autoriza a Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide a ceder, por empréstimo, ao Dr. João Diogo Juzarte Se-queira Sameiro, parte do edifício da Rua de Santo Amaro para fundar o Asilo para Cegos, que tão benemérito filho de Castelo de Vide pretendia instituir e veio a ser um dos primeiros do géneros a ser criado em Portugal.


2/8/1856

A confraria do Santíssimo Sacramento, por proposta do Reitor P.e António de Melo e Castro Patacas, pede autorização para dia de Festa do Santíssimo dar de esmolas “oito alqueires de pão de trigo cosido, visto ser um ano de carestia e de muitas necessidades”.

[+ info]
29/10/1856

Nesta vila nasce Maria Beatriz dos Santos Cordeiro, filha de Manuel Maria dos Santos Cordeiro e de Francisca Amália de Alegria, e autora de “Algumas Notas sobre a Regência do Asilo do Espírito Santo de Castelo de Vide desde 2 de Setembro de 1902".

[+ info]
13/11/1856

A Mesa da Confraria do Santíssimo Sacramento da Matriz, por proposta do seu reitor, Padre António de Melo e Castro Pataca, que apresentou o testamento de Bartolomeu Álvares da Santa, resolve que logo que a Santa Casa da Misericórdia deixasse de cumprir as cláusulas deste testamento deixasse também aquela confraria de cumprir o encargo que lhe competia e o passasse às autoridades.

[+ info]
3/7/1857

Eleição da Mesa da Confraria do Santíssimo Sacramento da Matriz da vila: Reitor, Padre José António Mimoso; Escrivão, Manuel Maria dos Santos Cordeiro; Tesoureiro, Sebastião António Moura.


14/11/1857

Morre o Padre João Cândido de Carvalho, o célebre "Padre Rabecão". Nascera em Castelo de Vide nos princípios do séc. XIX. Foi panfletário temível e de espírito um tanto libertário, de poder satírico caracterizado.

[+ info]
15/12/1858

João Mousinho da Silveira, filho do notável jurisconsulto e economista José Xavier Mousinho da Silveira, de Castelo de Vide, envia ao seu parente José Vitorino de Bastos Pimenta, também desta vila, procuração para administrar os seus bens nesta região e proceder à venda da Quinta do Leão, no termo de Marvão, e dum olival na Penha, Portalegre.

[+ info]




Nº de registos : 1311 ( 681 até 701 )
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66