Início | Personalidades
Tamanho de letra normal Aumentar o tamanho de letra Diminuir o tamanho de letra
Pesquisa de Personalidades
Pesquisa geral
Personalidade
 

Maria Beatriz dos Santos Cordeiro (1856-1938)

Na vila de Castelo de Vide, na Freguesia de Santa Maria da Devesa, nasce em 29 de Outubro de 1856, Maria Beatriz dos Santos Cordeiro, filha de Manuel Maria dos Santos Cordeiro e de Francisca Amália de Alegria, naturais da mesma vila, neta paterna de António Xavier dos Santos Cordeiro e de Maria Joaquina Bicho, e materna de Rafael dos Santos Alegria e de Ana Joaquina. Baptizou-se a 3 de Dezembro desse ano, sendo padrinho João António Godinho e Lima e, tocando com a Coroa de Nossa Senhora da Conceição, José d'Almeida Sarzedas. Curiosamente este seu padrinho viria a fundar em Castelo de Vide, em 1893 (inaugurado solenemente em 13 de Maio de 1894) o Asilo do Espírito Santo para a Infância Desvalida, onde durante alguns anos Maria Beatriz foi regente.

Seu pai era o proprietário da casa na Rua Nova, à direita de quem desce para a Fonte da Vila, prédio que foi adquirido pela Câmara Municipal em 1997. Nesta casa viveu Maria Beatriz dos Santos Cordeiro alguns anos da sua vida e onde, provavelmente, terá nascido.

Manuel Maria dos Santos Cordeiro, conhecido pelo Morgado Cordeiro, participou na administração de algumas entidades locais e deixou um manuscrito, não datado, a que chamou “Narração e discripção de vários acontecimentos em Castello de Vide durante o cerco de Marvão na lucta civil de 1833 a 1834”.

Do tempo que Maria Beatriz residiu em Castelo de Vide, destaca-se a sua acção como regente no mencionado Asilo do Espírito Santo. Publicou a este respeito o opúsculo intitulado "Algumas Notas sobre a Regencia do Asylo do Espírito Santo de Castello de Vide desde 2 de Setembro de 1902". Nele faz criteriosas considerações de ordem organizativa e educacional, bem como sobre problemas que então perturbavam o viver daquela instituição.

Mas foi de curta duração a permanência naquele estabelecimento. Fixou-se depois em Lisboa, fundando o Colégio de Santos, na Rua de São João da Mata, onde viveu vários anos. Culta, o que facilmente se infere do que escreveu e deixou publicado, foi ao ensino que dedicou praticamente toda a sua vida.

Era na Travessa de Santos, 35 1º, Freguesia de Santos o Velho, em Lisboa, que ultimamente residia e aí, já com 82 anos de idade, no estado de solteira, faleceu em 4 de Agosto de 1938.
  
Diogo Salema Cordeiro

omeprazol 80 mg omeprazol dosis hund omeprazol english

Bibliografia :
- CORDEIRO, Maria Beatriz dos Santos - Algumas Notas sobre a regencia do Asylo do Espirito Santo de Castello de Vide desde 2 de Setembro de 1902. Lisboa : Escola Typ. Salesiana das Officinas de S. José, 1909.


« voltar à página anterior
Imagem