Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
22/3/1537

D. João III faz doação a seu irmão D. Duarte da vila de Castelo de Vide com todo o seu termo e limite, com todas as suas rendas, pastagens, direitos reais, castelo e alcaidaria, foros, tributos e pertenças, montados, rios, pacigos, montes, fontes, etc.


[+ info]
22/3/1570

O Bispo de Portalegre D. André de Noronha concede licença para se celebrar a primeira missa na ermida de Nossa Senhora da Penha, na Serra de São Paulo, em Castelo de Vide.


[+ info]
22/3/1715

Vem ocupar o cargo de Juiz de Fora de Castelo de Vide, por nomeação régia, Braz Pires de Carvalho.


22/3/1909

O Dr. José Godinho Neves, então Delegado do Procurador Régio nesta comarca, é nomeado Secretário da Câmara Municipal de Castelo de Vide.


[+ info]
22/3/1930

Toma posse do cargo de médico municipal, o distinto clínico Dr. Gonçalo Bandeira Pessanha. Natural de Viseu e pertencendo a uma família dessa região, viera para Castelo de Vide exercer clínica. Aqui se fixou e gozou de geral estima da população.


[+ info]