Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
23/1/1522

Tem esta data "o conhecimento" do Alcaide-Mor Duarte de Melo, fidalgo da Casa Real, dizendo ter recebido do almoxarife de Portalegre 24.000 reis da sua tença e de Isabel de Lemos, sua sogra.


23/1/1528

Por carta régia datada de Almeirim, confirma o Rei D. João III, na pessoa de Álvaro Gonçalves de Moura, a doação feita a seu pai, Pedro de Moura, por D. João II, e confirmada por D. Manuel I, nas aldeias da Póvoa e das Meadas, além de outros benefícios, pelos seus muitos serviços.


[+ info]
23/1/1743

António Félix de Matos é nomeado escrivão judicial desta vila de Castelo de Vide.


[+ info]
23/1/1781

É nomeado qualificador do Santo Ofício, na Sé de Évora, Frei João de Castelo de Vide, lente de teologia do Convento de Santo António de Faro.


[+ info]
23/1/1879

É nomeado cirurgião interno do Banco do Hospital de S. José, de Lisboa, o ilustre castelovidense, Dr. José António Serrano, glória da medicina Portuguesa e honra da sua terra natal.


[+ info]
23/1/1924

Foi constituída uma sociedade anónima de responsabilidade limitada, denominada Empresa das Águas Alcalinas Medicinais de Castelo de Vide, com sede em Lisboa e com o capital social de 200.000$00, posteriormente com alterações ao pacto social e de aumento de capital. A escritura foi publicada no Diário do Governo de 1 de Fevereiro de 1924.


[+ info]
23/1/1946

Morre nesta data Eduardo de Alegria Ramos Gasalho, em Lisboa na casa dos Amigos dos Hospitais. Logo após o falecimento Mateus Moacho Gomes da Silva e sua irmã fizeram conduzir para sua casa os restos mortais, onde ficaram em Câmara ardente na biblioteca situada no rés do chão. Eduardo Gasalho era natural de Castelo de Vide e proprietário da farmácia Freixedas que havia pertencido a seu padrinho e primo Eduardo de Almeida Freixedas.


[+ info]