Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
16/2/1498
É desta data a carta de El-Rei D. Manuel I, dada em Lisboa, a favor de Duarte de Melo, fidalgo da Casa de El-Rei e Alcaide-mor de Castelo de Vide, a quem faz doação da renda, em sua vida, da Judiaria da Vila de Castelo de Vide, em cada um ano. Esse rendimento era de 14.200 reais.
16/2/1718
Autorizada a Câmara de Castelo de Vide a erigir um recolhimento para donzelas e mulheres honestas (Livro 51, folha 257, da Chancelaria de D. João V). Certamente não chegou a fundar-se e não pode confundir-se com o instituído por Cipriana de Torres.
[+ info]
16/2/1911
A Comissão Administrativa do município, da presidência de João António Gordo, solicita do Governo a criação em Castelo de Vide de duas Escolas Centrais, uma para cada sexo.