Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
24/1/1863

Foi contratada a construção da estátua do Senhor D. Pedro V, a erigir em Castelo de Vide, pela quantia de 1:000$00 réis.


[+ info]
24/1/1930

Resolve a Câmara de Castelo de Vide colocar um relógio na torre da Ermida de Nossa Senhora da Alegria, no Castelo. É a realização de um velhíssimo desejo dos moradores da antiga vila que em tempos do rei “Venturoso" lhe solicitaram aqui viesse  – e veio – para dirimir a questão entre a vila moderna e a vila antiga acerca do primeiro relógio público que, no ano de 1498, por iniciativa do licenciado Rui da Gram, Castelo de Vide ia possuir.


[+ info]
24/1/1931

Na Igreja e Freguesia de São Mamede, da cidade de Lisboa, realiza-se o casamento do Dr. José Manuel da Costa, natural de Castelo de Vide, de 26 anos, com Maria Emília Ribeiro Soares, natural de Lisboa, de 24 anos de idade, tendo havido deste casamento 4 filhos: José Manuel, Dinis, Pedro e Gil Ribeiro Soares da Costa.


[+ info]