Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
24/6/1664

O marquês de Marialva, comandante das tropas portuguesas, recebe às 4 horas da tarde deste dia a chave da porta de São Francisco da praça de Valência de Alcântara, que assediava desde 14 e obrigara a capitular a 21, dando-lhe quatro dias de trégua.


[+ info]
24/6/1802

Atinge o posto de Alferes no Regimento de Infantaria de Castelo de Vide, onde se alistara em 1793, Tomás Marcelino Maggessi, natural desta vila, filho de Tomás Maggessi e irmão de Francisco de Paula e António Tavares Maggessi.


[+ info]
24/6/1807

É promovido a major do Regimento de Infantaria nº 3 o Capitão do 8 de Infantaria de Castelo de Vide António Tavares Maggessi, natural desta vila.


[+ info]
24/6/1885

Nasce em Castelo de Vide Manuel Marcos Canário, filho de Pedro Canário e de Ludovina de Carvalho Canário. Diplomou-se pela Escola de Ensino Normal de Lisboa. Casou com Sofia do Bonsucesso Ferreira, os pais do médico Dr. Amadeu Ferreira Canário.


[+ info]
24/6/1911

O Asilo do Espírito Santo, em Castelo de Vide, que em breve passaria a denominar-se Asilo Almeidas Sarzedas, inaugura nesta data o edifício expressamente construído para o seu Albergue de Inválidos do Trabalho.


[+ info]