Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
22/9/1498

Sentença de D. Manuel I sobre o pleito do relógio, que uns pretendiam ficasse na vila moderna na Igreja de Santa Maria, mas que os do castelo queriam-no adentro dos muros. El-Rei determina o colocassem "em cima na vila entre as portas dela".


[+ info]
22/9/1554
O Rei D. João III manda dar anualmente à Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide três arrobas de açúcar, coisa que naquela época era artigo precioso e muito caro.
22/9/1804
É nomeado Juiz da Alfândega da nossa vila, Manuel de Barros Castelo Branco.
22/9/1826
Os chefes militares que se haviam revoltado a 2 de Agosto, às ordens do General Maggessi, e estavam internados em Espanha, constituindo a Divisão Realista do Alentejo, fazem juramento colectivo de fidelidade a D. Miguel e reduzem-no a auto.
[+ info]