Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
26/10/1601

É nomeado selador dos panos da vila de Castelo de Vide, Pedro Alvares Mergulhão, por falecimento do selador Mateus Tristão. Era lugar de certa importância, visto o valor da indústria dos panos na nossa vila. Esta nomeação era vitalícia, mas tornou-se depois apenas trienal.


26/10/1811

Por provisão desta data se declara que D. Domingas da Conceição Mousinho da Silveira, mãe do notável estadista do Liberalismo José Xavier Mousinho da Silveira, está de posse da célebre Herdade da Silveira, vinculada, em ambos os domínios “in solidum” e se ordena a saída do rendeiro Manuel de Jesus que havia muito tempo ali estava invocando um aforamento.


[+ info]
26/10/1823

José Xavier Mousinho da Silveira, o notável estadista oriundo de Castelo de Vide, é agraciado com a Medalha da Restauração dos Direitos da Realeza. Era a tão celebrada "Medalha da Poeira" que o decreto de 29 de Setembro anterior criara para galardoar os fiéis servidores do Rei, o Senhor D. João VI.


[+ info]