Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
20/5/1843

Morre em Lisboa o ilustre castelovidense General António Tavares Maggessi, militar distinto e carácter leal de honrado português. Foi um dos mais fiéis servidores de D. Miguel.


[+ info]
20/5/1935

Inicia-se a construção do celeiro junto à Estação da CP em Castelo de Vide, para o trigo comprado aos produtores do concelho, pela Federação Nacional dos Produtores de Trigo. Comportando 500.000 quilos de cereal, media 27,20 por 13,20 metros.


[+ info]
20/5/1936

Por alvará desta data, são aprovados os Estatutos da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Castelo de Vide, fundada a 18 de Abril desse mesmo ano, com auspiciosos inícios, que vieram a ser confirmados ao longo de mais de seis décadas de actividade.


[+ info]
20/5/1947

Dia festivo em Castelo de Vide com a passagem nesta vila da Imagem da Virgem de Fátima, a caminho de Itália. Esta imagem, coroada a 13 de Maio último na Cova da Iria, foi oferecida ao Papa Pio XII.


[+ info]
20/5/1956

No Cine-teatro Mousinho da Silveira, em Castelo de Vide, o Grupo Cénico da Sociedade Artística 1º de Dezembro, representa, pela primeira vez em Portugal, o quadro lírico em um acto "A Alegria que Passa", de Santiago de Russiñol.


[+ info]