Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
21/5/1762

Francisco José Marchão, de Castelo de Vide, ajudante das ordenanças da vila, recebe a Carta de Familiar do Santo Ofício. Era filho de Manuel Rodrigues Marchão e de Maria David de Carvalho, ambos também desta vila. Foi casado com Ana Maria Rosa.


[+ info]
21/5/1834

O general espanhol Rodil, com a divisão que comandava, auxiliando em nome de Isabel II de Espanha os liberais contra D. Miguel de Portugal, vindo de Castelo Branco, chega a Castelo de Vide, que ataca e toma, obrigando o governador Doutel a render-se.


[+ info]
21/5/1933

Castelo de Vide recebe a visita de D. Afonso de Albornoz, Ministro da Justiça do Governo Espanhol. Foi recebido pelas autoridades locais e a Câmara ofereceu um "Porto de Honra" no Hotel das Águas durante o qual se trocaram saudações.


21/5/1934

Morre em Castelo de Vide Maria do Carmo do Casal Ribeiro, de Lisboa, viúva de Tancredo Caldeira do Casal Ribeiro. Morou sempre nesta vila depois do seu casamento, onde o marido e seu irmão Carlos José Caldeira Júnior, fixaram residência e tinham bens.


[+ info]