Apresentação


Ao editarmos este portal, "Fonte da Vila, Castelo de Vide - História e Património" aceitámos a responsabilidade de fixar, no passado e no presente, não só a força magnetizante da paisagem urbana e rural do Concelho, como o seu património material e imaterial, consubstanciando-se o primeiro nas suas edificações (civis, religiosas e militares) e instituições, o segundo nas obras e actividades das suas gentes, entre outras no Teatro, na Música, na Pintura, na Literatura, na Poesia, na Ciência, incluindo as tradições, os seus vestígios e reflexos actuais.

[+ info]


Apresentação


EFEMÉRIDES
27/9/1805
Foi publicada a lei pela qual Castelo de Vide deixava de ser considerada praça de guerra.
27/9/1831
Provisão de D. Miguel, atendendo um requerimento de Castelo de Vide, que permite a aplicação dos três réis dos vinhos e carnes verdes, antes afectos ao concerto dos quartéis e à reedificação da Igreja de Santa Maria, ao pagamento das amas dos expostos.
27/9/1867
D. Luís I confere a Comenda da Ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo a Frei José Godinho Juzarte de Sequeira Sameiro, de Castelo de Vide, por seus merecimentos e obra realizada no asilo para cegos, instituído por seu irmão, João Diogo de Sequeira Sameiro.
[+ info]
27/9/1946
Morre em Castelo de Vide, Joaquina Mateus Braz Juzarte Laranjo Coelho, de 78 anos, natural de Valência de Alcântara, mulher do Dr. Possidónio Laranjo Coelho, subdirector do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, e mãe de Manuel Juzarte Laranjo Coelho.
[+ info]
27/9/1958

No V Centenário do nascimento da Rainha D. Leonor, a Misericórdia de Castelo de Vide promoveu uma sessão solene no salão da Câmara Municipal, presidida pelo Governador Civil de Portalegre, com a presença do Bispo da diocese e com vários oradores.


[+ info]