Início | Personalidades
Tamanho de letra normal Aumentar o tamanho de letra Diminuir o tamanho de letra
Pesquisa de Personalidades
Pesquisa geral
Personalidade
 

Alfredo Carlos Le Cocq (1849-1947)

 Este insigne cidadão nasceu em Castelo de Vide, numa casa da Carreira de Cima, Rua Bartolomeu Álvares da Santa, freguesia de Santa Maria da Devesa, a 5 de Fevereiro de 1849. Era o filho varão mais novo de João José Le Cocq, e de Maria Leonor Bachelay. Neto paterno de Luíz José Le Cocq e de Maria Victória do Carmo Le Cocq e materno de Luiz Bachelay e de Luiza Martha Bachelay, f oi baptizado a 20 de Março desse mesmo ano na Igreja Paroquial de Santa Maria da Devesa, sendo padrinho António Marcelino Carrilho Belo, e seu irmão Eduardo Augusto Le Cocq, então com cerca de 18 anos, tocando com a Coroa da Senhora d'Assumpção.   

Seu pai, o Comendador João José Le Cocq, filho primogénito de Luís José Le Cocq e de Maria Vitória do Carmo Le Cocq, fundador da magnífica Quinta do Prado e que muito influiu na vida agrícola nacional e local, foi pai de seis filhos, Luís Vítor Le Cocq, Augusto (que faleceu criança, com 3 anos), Eduardo Augusto Le Cocq, Leonor (que faleceu também muito nova, com onze anos), Augusto César Le Cocq e Alfredo Carlos Le Cocq, de quem aqui nos ocupamos.

Foi extensa e importante a biografia do Conselheiro Alfredo Carlos Le Cocq, tanto profissionalmente, como na vida oficial.

Formou-se em Agronomia em 1872, a que se seguiu uma brilhante carreira profissional, principalmente no domínio da viticultura.

Ingressou na Direcção Geral da Agricultura, em 28 de Julho de 1886, passando em 21 de Junho de 1900 a Director Geral da Agricultura, cargo que ocupou durante cerca de dez anos, então já com a Carta de Conselho.

A Alfredo Carlos Le Cocq, comendador das Ordens de Nª Sra. da Conceição de Vila Viçosa, de Portugal, e de Leopoldo, da Bélgica, sócio do Instituto de Coimbra e Sócio Honorário da Royal Agricultura Society of England, de Londres, foi-lhe concedido em 1907 o título de Grande Oficial da Ordem da Coroa de Itália.

Fundou diversos jornais e revistas: "A Agricultura do Norte", (transformada depois em "Agricultor Português"), "Vinha Portuguesa", Portugal Agrícola", "Arquivo Rural", etc.

Reformou-se da sua intensa actividade aos 61 anos, em 1910, após o que se fixou em Castelo de Vide, ocupando-se da sua lavoura.

Na Sociedade de Ciências Agronómicas de Lisboa realizou-se em 14 de Abril de 1937 uma sessão solene de homenagem à memória do Conselheiro Alfredo Carlos Le Cocq. Presidiu o Ministro da Agricultura, Dr. Rafael Duque, tendo, na abertura da sessão, proferido algumas palavras o Prof. Dr. Rui Mayer. Foi orador o eminente Professor Luís Rebelo da Silva, que fez o elogio histórico do homenageado, discurso depois reproduzido num opúsculo editado pela Companhia Editora do Minho. Compareceu o alto funcionalismo do Ministério da Agricultura e o professorado superior do Instituto de Agronomia, sendo o retrato do homenageado descerrado pela viúva, Maria Bebiana de Sousa Belford Le Cocq.

O Conselheiro Le Cocq teve três filhos, Maria Leonor Le Cocq, casada com o Conde de Almarjão, Fernanda Le Cocq, casada com o Dr. João Abecassis, Alfredo Vítor Le Cocq, casado com Maria Adelaide Osório Le Cocq (Almeidinha).

Em 13 de Maio de 1886 casou na Igreja Paroquial de São Mamede, Concelho de Torres Vedras (ele com 37 e ela com 30 anos) com Maria Bebiana de Sousa Belford, filha de Filipe de Sousa Belford e de Juliana Rosa da Conceição (sg). 

Com a idade de 72 anos, o Conselheiro Alfredo Le Cocq faleceu em Lisboa a 18 de Setembro de 1921, sendo sepultado no cemitério de Castelo de Vide. Por testamento de 9 de Agosto de 1921, legou à Misericórdia desta vila avultados bens e a sua casa do Largo João José Le Cocq, com o fim de ser criado um albergue para inválidas do trabalho agrícola, bens de que deixou usufrutuária a viúva, Maria Bebiana de Sousa Belford Le Cocq.

Falecida a usufrutuária em 29 de Novembro de 1947 na cidade de Lisboa, era inaugurado solenemente a 28 de Novembro de 1948, o referido albergue, cumprindo-se assim as disposições do Instituidor.

Diogo Cordeiro


Ver ainda:
Elementos pessoais de Alfredo Carlos le Cocq 
Inauguração do albergue para inválidos do trabalho agrícola


Referências:
- Archivo rural : gazeta dos lavradores : orgão dos syndicatos e cooperativas agricolas / dir. Alfredo Carlos Le Cocq. - V. 1, no 1 (28 Jan. 1896)-v. 7, no 21 (1 Nov. 1902). - Lisboa : [s.n.], 1896-1902. - Mensal.

- A agricultura nacional : jornal de propaganda agricola / propr. Salvador Gamito; dir. A. C. Le Cocq. - A. 1, n. 1(20 Jun. 1893)-a. 3, n. 2 (31 Dez. 1898). - Lisboa : S.G.C., 1893-1898. - 26 cm.

- A população agricola e a sua instrucção em Portugal / Alfredo Carlos Le Cocq. - Lisboa: Typ. Annuario Commercial, 1911. - 88 p. - Sep. Rev. Agronomica.

- Portugal agricola: dedicado aos interesses, fomento, progresso e defeza da lavoura na Metropole e Colonias / propr. e red. Alfredo Carlos de Cocq, Adolpho Schefer Fassio, João Achilles Ripamonti. - A. 1, n. 1 (Jul. 1889)-a. 22, n. 24 (15 Dez. 1911). - Lisboa : Typographia Portuense, 1889-1911 - Mensal.

- A vinha portugueza: revista mensal dedicada ao progresso e defeza da viticultura nacional / pub. e dir. F. d'Almeida e Brito, Alfredo Le Cocq e Jorge de Mello. - A. 1, n. 1 (Jan. 1886)-a. 38, n. 455 (Set. 1929). - Lisboa : [s.n.], 1886-1929 - Mensal

nix uotan foliehalsbrand.site nix expression language

Bibliografia :
- Sob a presidencia do sr. dr. Rafael Duque realizou-se a sessão de homenagem ao engenheiro agronomo Lecocq. In Diário de Notícias. Lisboa, 15-04-1937.

- ALBERTO, Caetano (Ed.) - Os membros das comissões executivas da Exposição Industrial Portugueza e da secção Agrícola. In O Occidente. Vol. XI, nº356, 11 de Novembro de 1888, 251.

- BARRADAS, Manuel - A Exposição Universal de S. Luiz em 1904. In O Occidente. Vol. XXVI, nº 897, 30 Novembro 1903, 24.

- GORDO, João António - Os Le Cocq em Portugal. Castelo de Vide : separata de O Castelovidense, 1942.

- LE COCQ, Alfredo Carlos - A população agrícola e a sua instrucçã em Portugal, separata da Revista Agronomica. Lisba : Typ. do Annuario Commercial, 1911.

- SILVA, Luiz Rebelo da - Elogio Histórico de Alfredo Carlos Le Cocq. , 1937.

- SOUSA, Tude Martins de - A Árvore - Leituras florestais para crianças - notas para criar, desenvolver e fomentar o amor pelas árvores e pela montanha. Porto : Livraria Chardron, 1912.


« voltar à página anterior
Imagem